Bobão

O desespero bateu e a ridicularização da rivalidade chegou no limite. O palmeirense já está mais do que “calejado” com a “imprensa esportiva”. Isso não é de hoje, e pelo andar da carruagem, vai demorar muito a passar, infelizmente.